As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Medina bicampeão!!!!!

Brasileiro faz barba, cabelo e bigode no Pipe Masters, no Havaí

Thiago Blum

19 Dezembro 2018 | 00h05

Precisei de algumas horas para conseguir escrever.

Na verdade, nem sei ao certo se já encontrei as palavras certas.

Os craques Renan Rocha e Edinho Leite traziam todos os detalhes na transmissão como de costume.

Mas tava difícil acreditar no que via.

O que foi aquele 19,43 de virada nas quartas de final contra o americano Conner Coffin?

Com direito ao único 10 do Pipe Masters, evento mais comentado e desejado do tour.

Depois, foram mais duas exibições de gala: contra o sul-africano Jordy Smith e diante do um dos maiores rivais, o australiano Julian Wilson na decisão.

Pronto. Filme encerrado. Bicampeonato confirmado.

Gabriel Medina protagonista de mais um capítulo da história.

Com ingredientes repetidos, só que com um bônus nada modesto.

Em 2014, o troféu também veio em Pipeline, mas com derrota na decisão.

Um título saboroso claro, mas com uma pitadinha amarga.

Agora, diante do mesmo adversário, pacote completo.

É isso mesmo?

É. Como se diz por aí, fez barba, cabelo e bigode.

“Nos meus 10 anos de circuito mundial, foi uma das performances mais incríveis que eu já assisti em Pipeline”.

Não, eu não encontrei as palavras certas. Elas são de um top da WSL.

Do amigo Jádson André, que também sabe bem como é ser brasileiro e ter que competir em um das ondas mais desafiadoras do planeta, onde é muito difícil treinar.

Mas Medina surfou de novo como se estivesse em Maresias, ou Teahuppo, ou Fiji.

Terceira final ali em 5 anos. Agora ele é um Pipe Master.

E faz só 25 anos no próximo sábado.

Já tem mais mundiais do que nomes como Martin Potter, Barton Lynch, Joel Parkinson, Peter Towned, Mark Occhilupo, Nat Young  e Sunny Garcia.

Se igualou a ninguém menos que Tom Carroll, Damien Hardman e John John Florence.

E colou em Mick Fanning, Andy Irons e Tom Curren.

Um dia, Medina disse que o objetivo era ser tricampeão mundial.

Não deve demorar.

Alguém duvida??