Medina, Ítalo, Yago e Tati
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Medina, Ítalo, Yago e Tati

Brasil segue na briga pelos títulos na etapa da França

Thiago Blum

07 de outubro de 2019 | 20h09

Gabriel Medina – foto: WSL

A semana começou quente no litoral francês.

Deu onda na praia de La Graviere

E a WSL acelerou as disputas da primeira etapa da perna europeia do tour.

No masculino, foram definidos os classificados para as oitavas de final.

E os resultados da segunda-feira podem ter sido decisivos na corrida pelo titulo da temporada.

Filipe Toledo – foto: WSL

Isso porque Gabriel Medina avançou.

E Filipe Toledo parou na 3ª fase.

Em 2º na classificação geral, Filipinho superou as dores nas costas e entrou antes no mar.

Fez uma disputa equilibrada, mas acabou superado pelo local Marc Lacomare por míseros 0,66.

Vestindo a lycra amarela de líder, Medina também teve muito trabalho contra Marco Mignot, outro francês convidado do evento.

Achou poucas ondas, mas conseguiu a virada: 9,76 x 8,84.

GM já fez 5 finais na França e tenta o tetracampeonato nas ondas de Hossegor.

Ítalo Ferreira – foto: WSL

Dos outros 7 brasileiros que disputaram o ‘round of 32’, só 2 seguem vivos na competição.

Em 5º no ranking e ainda com chances de conquistar o circuito, Ítalo Ferreira eliminou o compatriota Jesse Mendes.

Resultado importante também na corrida por uma das duas vagas do país para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Por enquanto, elas pertencem a Medina e Filipe.

Yago Dora – foto: WSL

Como de costume, Yago Dora apostou no jogo aéreo para seguir no ‘Quiksilver Pro’.

Com duas notas altas, ele fez o maior somatório da fase e despachou o americano Griffin Colapinto.

Mas… foi só.

Além de Jesse e Filipe, outros quatro brazucas se despediram precocemente.

A maioria precisava de bons resultados para manter viva a chance de reclassificação para o WCT 2020

Caio Ibelli – foto: WSL

Em 19º no geral, Willian Cardoso caiu diante do australiano Wade Carmichael.

Caio Ibelli está em 21º no ranking e parou no ídolo francês Jeremy Flores.

Em 25º – fora da lista dos que ficam no ano que vem – Michael Rodrigues perdeu para o australiano Ryan Callinan.

Peterson Crisanto está ainda mais abaixo na tabela (27º) e foi eliminado pelo havaiano Seth Moniz.

Pra eles, agora restam só as etapas de Portugal e Havaí para alcançar o objetivo.

Confira os duelos das oitavas:

  1. Jordy Smith (AFS) x Jeremy Flores (FRA)
  2. Ezekiel Lau (HAW) x Ryan Callinan (AUS)
  3. Marc Lacomare (FRA) x Wade Carmichael (AUS)
  4. Julian Wilson (AUS) x Jack Freestone (AUS)
  5. Gabriel Medina x Adrian Buchan (AUS)
  6. Seth Moniz (HAW) x Leonardo Fioravanti (ITA)
  7. Kolohe Andino (EUA) x Yago Dora
  8. Michel Bourez (TAH) x Ítalo Ferreira

Tatiana Weston-Webb – foto: WSL

Na chave feminina, placar empatado nesta segunda-feira.

Próxima da reclassificação para o ano que vem, Tatiana Weston-Webb dominou a bateria e eliminou com folga a australiana Keely Andrew.

Nas quartas de final ela enfrenta a havaiana Carissa Moore, tricampeã mundial.

Já Silvana Lima, que precisava avançar para subir no ranking, ficou pelo caminho.

Somou apenas 4,07, perdeu para a americana Lakey Peterson e terminou o ‘Roxy Pro’ na 9ª posição.

Silvana Lima – foto: WSL

Duelos das quartas das meninas:

  1. Lakey Peterson (EUA) x Malia Manuel (HAW)
  2. Carissa Moore (HAW) x Tatiana Weston-Webb
  3. Sally Fitzgibbons (AUS) x Johanne Defay (FRA)
  4. Caroline Marks (EUA) x Courtney Conlogue (EUA)

Um novo swell é esperado na costa francesa e os campeões na França devem ser coroados na quinta-feira.

por @thiago_blum

Tendências: