Mudanças… novidades
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mudanças… novidades

Realidade 2021 da WSL é essa: cada semana uma decisão diferente

Thiago Blum

15 de fevereiro de 2021 | 22h13

North Narrabeen, Austrália

O calendário de 2021 começou de um jeito.

Parou, com cancelamentos.

Mudou… com remarcações de datas e eventos.

E nesta segunda-feira, sofreu novas alterações.

A Austrália, um dos lugares onde o avanço da Covid-19 foi melhor controlado, vai receber as próximas etapas da WSL.

Mas como nem todo o país está preparado para os protocolos solicitados pela World Surf League, os campeonatos estão trocando de local.

Margaret River, Austrália

Gold Coast, Margaret River e Bells Beach são tradicionalmente os palcos da elite do tour.

Só que neste ano, tudo vai ser diferente.

Só Margaret – no ‘Western Australia’ – vai receber os melhores do mundo.

Bells havia sido cancelada na semana passada… hoje, foi a vez da Gold Coast.

De qualquer forma, a perna ‘aussie’ será longa.

Já começou com torneios do WQS.

E terá 4 disputas do World Tour, entre os meses de abril e maio.

Newcastle, Austrália

As baterias em Newcastle já estavam anunciadas.

Hoje, mais duas novas confirmações.

North Narrabeen e Rottnest Island entram excepcionalmente no Championship Tour.

Bom… se nada mudar, né?

Confira as datas divulgadas hoje, todas para homens e mulheres.

● ‘Rip Curl Newcastle Cup’: 01 a 11 de abril
● ‘Rip Curl Narrabeen Classic’: 16 a 26 de abril
● ‘Boost Mobile Margaret River Pro’: 02 a 12 de maio
● ‘Rip Curl Rottnest Search’: 16 a 26 de maio

Rottnest Island, Austrália

A WSL concentrará os eventos em ‘New South Wales’ e em ‘Western Australia’, após as aprovações das bolhas de quarentena para todos os atletas e envolvidos na produção dos eventos.

A WSL não conseguiu produzir isolamentos nos estados de ‘Victoria’ e ‘Queensland’ para a realização das etapas de Bells Beach e da Gold Coast, respectivamente, neste curto espaço de tempo.

Veremos no que vai dar.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.