Não deu para Chloé
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Não deu para Chloé

Carioca perde na semifinal em Taiwan e título mundial de Longboard escapa; Rodrigo Sphaier leva o Brasil ao alto do pódio no masculino

Thiago Blum

07 de dezembro de 2019 | 10h02

Chloé Calmon – foto: WSL

Foi uma batalha onda a onda durante toda a temporada.

Um duelo a parte de duas protagonistas.

Brasil x Havaí.

E o título mundial de Longboard de 2019 escapou de Chloé Calmon, em Taiwan.

Honolua Blomfield vence em Taiwan e conquista o bi mundial – foto: WSL

A carioca foi eliminada na semifinal do ‘Open World Championships’ pela francesa Alice Lemoigne, e viu a rival Honolua Blomfield vencer a etapa e erguer o caneco da WSL pela 2ª vez na carreira.

Chloé fecha o ano com os títulos sul-americano da WSL e do Pan de Lima, no Peru.

Faltou muito pouco para abraçar todo o planeta!

Rodrigo Spahier, campeão da etapa de Taiwan – foto: WSL

Mas o dia foi de festa brasileira nas longas esquerdas de ‘The Left’.

Rodrigo Sphaier atropelou a concorrência, venceu três adversários na sexta-feira, entre eles o americano Justin Quintal, que havia conquistado o mundial no dia anterior, e se sagrou campeão em Jinzun Harbor.

Rodrigo Sphaier – foto: WSL

Na decisão, o local de Saquarema tirou uma nota 9, bateu o também americano Taylor Jensen por 16,60 a 13,27 e levantou um título inédito na longa carreira.

Mais um  troféu de campeão para o surfe verde e amarelo.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.