Ótimo início
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ótimo início

Brasileiros avançam na abertura do WSL Longboard Tour

Thiago Blum

22 de fevereiro de 2020 | 11h49

‘Noosa Longboard Open’- Noosa Heads, Queensland – Austrália – foto: WSL / David Gleeson

Sábado agitadíssimo em Queensland – Austrália.

8 baterias femininas e 12 masculinas no primeiro dia do ‘Noosa Longboard Open’, primeira etapa do calendário do mundial de Longboard da WSL, que rola até terça-feira em Noosa Heads.

E os dois brasileiros que caíram no mar se deram bem.

Monique Pontes teve uma disputa de 3 atletas em sua esreia.

Ficou atrás da italiana Francesca Rubegni e avançou para o round de 40.

Na 2ª fase vai enfrentar as americanas Mahina Akaka e Sophia Arky, além da japonesa Natsumi Taoka.

foto: David Gleeson / WSL

Se passar, Monique se junta a Chloé Calmon, que por causa do excelente ranking do ano passado – terminou a temporada em 2º lugar – só estreia entre as 24 finalistas da etapa.

Entre os homens, Augusto Olinto passou duas fases e está no round de 56.

Na 1ª fase somou 14, 24 – maior placar entre todas as baterias do dia.

Em seguida, fez uma média bem menor – 9,43 – e mesmo assim ficou em primeiro na competição entre 4 atletas.

Brasileiro Augusto Olinto foi o melhor no 1º dia do evento – foto: Thomas Bennett

No round de 56 ele vai pegar o sul-africano Sam Christianson, o italiano Federico Nesti e o japonês Kenji Kobayashi.

Se avançar mais uma, Olinto se junta a Gabriel Nascimento e Carlos Bahia, que vão estreia na fase 4 em Noosa.

Seguimos de olho nas ações da turma dos pranchões.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: