Prêmio Brasileiro de Ondas Gigantes
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prêmio Brasileiro de Ondas Gigantes

Edição de 2020 já tem mais de 150 inscritos em várias modalidades

Thiago Blum

30 de outubro de 2020 | 20h28

Nos esportes das ondas há espaço para todos.

Mas quem pega as bombas, é naturalmente mais respeitado.

Não é pra menos.

Encarar desafios extremos é extrapolar os limites do esporte.

Essa é a ênfase do ‘Prêmio Brasileiro de Ondas Grandes Extreme Boardriders’.

O projeto tem como objetivo eleger e premiar as maiores do país, surfadas dentro do período de um ano, registradas em fotos e vídeos, nas modalidades surfe, tow-in, kitesurf, bodyboard, stand up paddle e bodysurf.

Mais de 150 ondas de norte a sul do país já estão inscritas para 2020, a 3ª edição.

“O ‘Extreme Boardriders’ é um prêmio democrático e que possibilita que qualquer surfista em território nacional participar com chances iguais”, explica Eraldo Gueiros, idealizador.

Ao lado do também pernambucano Carlos Burle, Eraldo foi um dos pioneiros do surfe de ondas gigantes.

Eraldo Gueiros – foto: divulgação

Os vencedores da categoria ‘Onda do Ano’ vão ganhar passagens para Nazaré, em Portugal, atual casa dos principais eventos quando o sweel entra com tudo na Europa.

No total, o evento vai oferecer mais de R$ 20.000,00 em premiação.

As categorias, além de ‘Onda do Ano’, tanto no masculino quanto no feminino, são: ‘Maior Onda na Remada Surfe’ e ‘Melhor Onda de Bodyboard’. Também serão premiadas as ‘Melhores Ondas de Kitewave’, ‘SUP’ e ‘Bodysurf’, além da ‘Maior Vaca do Ano’. Os fotógrafos e cinegrafistas que registraram o momento também são contemplados na premiação.

Alemão de Maresias na Laje de Manitiba/RJ – foto: Renan Vignoli

A categoria ‘Onda do Ano’ premia a onda grande mais impactante e bem surfada da temporada e é aberta a qualquer forma de esporte de prancha nas ondas.
As cinco melhores ondas por categoria serão selecionadas e apresentadas ao público após o encerramento do período de envio das imagens, no próximo dia 10.

Gabriel Sampaio, em Avalanche/ES – foto: Ana Catarina

Elas serão votadas por um grupo de jurados especializados, junto ao voto popular através das redes sociais.

Cinco profissionais respeitados da comunidade de ondas grandes fazem parte do júri: Maya Gabeira, Taiu Bueno, Rico de Souza, Eraldo Gueiros e Rosaldo Cavalcanti

Os vencedores serão conhecidos no dia 13 de novembro.

As inscrições estão abertas através do site extremeclub.com

Bruce Rubim no Pontão do Leblon, Rio de Janeiro – foto: Daniel De Bellis

Qualquer pessoa pode participar.

É preciso somente que as ondas tenham sido surfadas no Brasil entre os dias 20 de outubro de 2019 e 10 de novembro de 2020, último dia para a inscrição.

Para conferir as ondas já inscritas e acessar conteúdos exclusivos, basta entrar no site: extremeclub.com, e no instagram do concurso: @extremecluboficial.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.