Vida nova!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vida nova!

Histórias de pessoas que deixaram carreiras tradicionais para passar mais tempo ao ar livre

Thiago Blum

11 de dezembro de 2020 | 20h26

foto: divulgação / Corona

Mais mar.

Mais areia.

Mais qualidade de vida.

Quem nunca sonhou em mudar a rotina?

Depois de meses de quarentenas e lockdowns pelo mundo mundo, uma percepção que se tornou maior do que nunca.

Esse é o tema de “Free Range Humans”, ou em bom português, “Humanos ao ar livre”.

A série marca o lançamento oficial do ‘Corona Studios’, nova aposta da marca em escala global para oferecer conteúdo de entretenimento, credibilidade e alta qualidade para os consumidores

A produção estreou no canal da ‘Corona’ no YouTube.

Em 8 episódios, histórias reais de pessoas de vários países que deram esse salto e se libertaram do dia a dia tradicional.

foto: divulgação / Corona

É o caso da Bruna Bessa.

Fundadora do projeto ‘Maré Alta’, a jornalista de São Paulo deixou a carreira em um escritório para se dedicar a viajar o mundo surfando, empoderando e ensinando o esporte a outras mulheres.

“Esta não é só mais uma série sobre viagens. Com tudo que aconteceu neste ano, sabemos que pessoas em todo o mundo passaram a apreciar cada vez mais a vida ao ar livre e se questionar sobre como seria uma vida alternativa”, conta Felipe Ambra, Vice-Presidente Global de Corona. “Esperamos que essas histórias possam servir como inspiração para que outras pessoas possam buscar uma vida mais plena e gratificante na natureza e no mundo quando isso voltar a ser possível”, completa.

arte: divulgação / Corona

Além da Bruna, os personagens das histórias são:

• Juan Pablo Bueno, biólogo colombiano que construiu um resort sustentável na floresta de ‘La Macarena’ sem prejudicar uma única árvore.

• Mario Rigby, influenciador canadense que desistiu de uma carreira olímpica em potencial para se tornar um viajante global, mudando percepções culturais e ajudando quem deseja descobrir novos lugares e conhecer pessoas ao redor do mundo.

• Emily Penn, arquiteta do Reino Unido formada em Cambridge que se tornou uma defensora dos mares e lidera expedições de navegação para eliminar o plástico dos oceanos.

• Jason deCaires Taylor, artista do Reino Unido que usou sua paixão e talento para criar esculturas subaquáticas que se tornaram recifes de corais e ecossistemas marinhos.

• Roushanna Gray, sul-africana que educa estudantes sobre as iguarias comestíveis que a natureza oferece.

• Zandile Ndhlovu, mulher que quebrou barreiras culturais ao ser a primeira negra a se tornar instrutora de mergulho livre na África do Sul.

• Darci Liu, bailarina treinada que se tornou a primeira surfista profissional da China, usando seu conhecimento para inspirar e mudar percepções como treinadora do esporte, ecoempreeendedora e defensora do meio ambiente.

foto: divulgação / Corona

Como forma de inspirar e contribuir para que mais pessoas mudem o estilo de vida, a marca está lançando o ‘Free Range Fund’um fundo de concessão para ajudar a apoiar projetos externos de consumidores selecionados em todo o mundo.

A ideia é identificar e capacitar pessoas apaixonadas que quebraram a rotina para ir atrás de seus projetos, com possibilidade de participação na segunda temporada da produção.

O consumidor escolhido no Brasil vai ter acesso a um benefício de R$ 100 mil, mas precisa contar uma boa história, explicar sua necessidade de financiamento e mostrar o potencial de uso do incentivo para avançar em sua missão de uma vida significativa “do lado de fora”.

O regulamento e o formulário de candidatura estão em www.coronafreerangefound.com.br.

E o conteúdo da série que deu início ao projeto – com episódios de 7 a 10 minutos – pode ser assistida no canal ‘Corona Extra Brasil’.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.