“We Are One Ocean”
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“We Are One Ocean”

WSL lança campanha em ação global para proteção dos oceanos

Thiago Blum

30 de janeiro de 2021 | 16h10

foto: divulgação / WSL

A World Surf League anunciou na última semana, o “We Are One Ocean”.

Um pedido de 30% dos nossos mares até 2030, ou 30×30.

A liga incentiva as pessoas em todo o mundo para se unirem neste movimento global, assinando a petição no site weareoneocean.org.

Ítalo Ferreira e Sophia Medina – irmã do bicampeão Gabriel Medina – farão parte de uma série especial que será lançada em fevereiro.

“O oceano é a minha casa e o meu local de trabalho. É muito importante para mim, poder fazer o que puder para protegê-lo. Espero que, ao compartilhar a minha história e o meu amor pelo oceano, as pessoas possam se inspirar para também assinarem a petição”, disse o campeão mundial de 2019.

A ideia é construir um grande apoio para atingir metas de biodiversidade, proteger a natureza e a vida na Terra, com um apelo específico na preservação do oceano.

Quem assinar a petição ará parte de uma crescente comunidade internacional, para inspirar os líderes mundiais a adotarem o ’30×30′ na próxima Convenção das Nações Unidas, quando essas metas serão decididas.

“Estabelecer áreas totalmente protegidas, é uma maneira incrível de construir resiliência em nosso oceano”, diz Reece Pacheco, SVP Ocean Responsibility da WSL. “Esta é uma oportunidade única na vida de proteger o já crítico habitat oceânico e a biodiversidade para as futuras gerações. Não se trata apenas do oceano. É sobre as pessoas. Se conseguirmos proteger o oceano nesta meta, garantiremos um futuro mais saudável para todos”.

foto: divulgação / WSL

SÉRIE WE ARE ONE OCEAN

A WSL está produzindo episódios compartilhando histórias sobre a conexão de seis pessoas com o oceano e suas motivações para assinarem a petição. A série completa será lançada no dia 9 de fevereiro e terá participação de cientistas, ambientalistas e surfistas.

“Eu sou muito conectada ao oceano, desde a primeira vez que eu entrei no mar”, afirma Sophia Medina. “É um lugar que me dá tranquilidade, paz, que eu sinto que é o meu lugar. Quando estou surfando, eu vejo muita poluição, eu noto isso todos os dias e é um lugar tão maravilhoso que não merece ter esse tipo de atitude da gente. Daqui a 30 anos eu quero ver um oceano limpo, transparente, azul, em qualquer lugar que eu for. Eu assino pelo futuro do oceano!”, ressalta.

foto: divulgação / WSL

Para celebrar o “We Are One Ocean”, a WSL solicita a todos os surfistas para assinarem a petição e que compartilhem uma mensagem de amor ao oceano em suas mídias sociais.

E vai hospedar esta série de experiências virtuais publicadas para conectar as pessoas com o seu amor pelo oceano, inspirando-as a tomar medidas para protegê-lo.

As experiências incluem uma conversa com os escritores Siraad Dirshe e Leah Thomas, fundadora da Intersectional Environmentalist.

Além de uma aula de desenho de ondas a carvão com a americana, Courtney Conlogue, representante do CT.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.