Dados técnicos para a corrida

miltonpazzi

15 de outubro de 2009 | 16h52

SÃO PAULO – Para simples conferência, eis a quantidade de motores utilizados pelas equipes na temporada 2009 da Fórmula 1, antes do GP do Brasil. Quem usar oito ou mais na temporada sofre punição de perda de dez posições no grid a cada troca.

9 MOTORES – Nick Heidfeld

8 MOTORES – Robert Kubica, Jarno Trulli, Timo Glock, Mark Webber, Sebastian Vettel, Nico Rosberg e Kazuki Nakajima.

7 MOTORES – Lewis Hamilton, Heikki Kovalainen, Giancarlo Fisichella (conta os de Massa e Badoer), Kimi Raikkonen, Fernando Alonso, Romain Grosjean, Jaime Alguersuari, Sebastian Buemi, Adrian Sutil, Vitantonio Liuzzi, Jenson Button e Rubens Barrichello.

Além disso, os delegados técnicos da FIA avisam que inspecionaram a caixa de câmbio dos carros de Fisichella e Rosberg, que tiveram mudanças (troca de óleo do primeiro e rachaduras no segundo), e tudo está dentro do permitido pelo regulamento.

Tudo o que sabemos sobre:

FIAFórmula 1GP do Brasilinspeçãomotores

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: