Goiânia oficializa a construção de novo autódromo

miltonpazzi

18 de maio de 2011 | 18h20

SÃO PAULO – A projeção acima é do novo Autódromo de Goiânia, cuja construção foi autorizada pelo governador Marconi Perillo nesta quarta-feira. Ele ficará no município de Senador Canedo, região metropolitana da capital goiana, ocupará uma área entre 20 e 25 alqueires, e o alemão Herman Tilke será o responsável pelo projeto.

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) explica, em comunicado, mais detalhes: “Com relação à extensão do novo traçado a proposta é de um circuito em torno de 4.500 metros, largura de pista variando entre 17 e 22 metros e apto para receber a homologação grau 2 da FIA, que atende a todas as categorias, exceto a F1. Áreas para MotoCross, aeromodelismo, escola de pilotagem e kartódromo completam o conceito que Tilke vai desenvolver nos próximos seis meses.

“A capacidade de público deverá ser de aproximadamente 10 mil pessoas e a obra deverá consumir entre 18 e 24 meses para sua construção. Os recursos serão obtidos através da venda do terreno onde fica o atual circuito “cuja chave só será entregue quando o novo ficar pronto”, garantiu o governador Marconi Perillo. O planejamento inicial prevê o custo do empreendimento entre R$ 150 milhões e R$ 180 milhões.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.