Mudanças nos carros da primeira para a segunda sessão: freios e suspensão

miltonpazzi

30 de abril de 2011 | 11h05

SÃO PAULO – Após a primeira sessão de treinos livres no Circuito do Anhembi, quase todos os carros da Fórmula Indy voltaram aos boxes para ajustes ou na suspensão ou nos freios.

Helio Castroneves (Penske) pediu para trocar todo o sistema de frenagem, e no final da sessão inicial encontrou o que esperava de melhor. Já na KV-Lotus a maior mudança foi no sistema de relação de marchas – imaginavam que seria melhor mais curtas, mas pelo estilo da pista, é melhor mais longa.

Já Bia Figueiredo (Dreyer&Reinbold) pediu mudanças na suspensão. Seu maior problema são as dores na mão direita, e o carro mais duro causa um impacto maior no volante – na Indy não tem direção hidráulica.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.