Bruno Senna considera lógica a escolha de Nick Heidfeld pela Lotus Renault

miltonpazzi

16 de fevereiro de 2011 | 17h59

SÃO PAULO – Bruno Senna se pronunciou sobre a escolha de Nick Heidfeld para ocupar o carro da Lotus Renault em 2011, no lugar do polonês Robert Kubica, se recuperando de acidente.

“A equipe buscava alguém experiente para substituir o principal piloto da equipe. Dentre as opções, Heidfeld era a escolha lógica por causa de sua história de mais de 10 anos na Fórmula 1 e pelo papel que desempenhou no desenvolvimento dos atuais pneus Pirelli. Fiquei contente com a chance. Agora, espero poder ajudar a equipe mais e mais neste ano”, disse o brasileiro, em comunicado via assessoria de Imprensa.

Nesta sexta-feira, Bruno estará em Barcelona, na terceira sessão de testes da Fórmula 1.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.