Diabético, Charlie Kimball correrá com um monitor no carro

miltonpazzi

25 de maio de 2011 | 18h53

SÃO PAULO – As 500 milhas de Indianapolis de 2011 representam mais um desafio para o americano Charlie Kimball, da Ganassi. Ele é diabético – como muitos atletas, inclusive brasileiros, como o ex-atacante Washington – e pela primeira vez disputará uma prova tão longa. Por causa disso, vai levar um monitor no carro (na foto ao lado) e tentar medir a glicose nas 200 voltas da prova. A diabetes, para quem não sabe, é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue (via Wikipedia). Ele larga na 28.ª posição.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.