F-Truck: peças quebradas impediram ponteiros de conseguir tempo ainda melhor, em Caruaru

miltonpazzi

14 de maio de 2011 | 17h04

CARUARU – O tempo recorde de 1min47s366 cravado por Felipe Giaffone, garantindo a pole position da Etapa de Caruaru da Fórmula Truck, poderia até ter sido melhor. Assim como o do segundo colocado, Roberval Andrade, que ficou atrás por míseros 0s030. Ambos tiveram problemas com peças quebradas neste sábado.

Giaffone estava com a lateral direita do parachoque frontal quebrada e quase caiu na sessão que definiu o grid. “Foi mais psicológico do que prática [o problema da peça quebrada], porque fazia um barulho muito forte, fiquei com receio de arriscar mais, pois podia entrar embaixo do caminhão”, conta.

Roberval teve problemas pela manhã. “A caixa de câmbio quebrou no treino livre e tivemos de trocar para essa sessão. A pista como está exige muito do equipamento. Não foi fácil”. A peça foi trocada a tempo e não foi o que lhe impediu de ser mais rápido. “Meu caminhão é 700 kg mais pesado que o do Giaffone, então ficar a 0s030 dele está ótimo. A equipe está de parabéns”, completa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.