Brasil bate o Chile e continua caminho fácil no Sul-Americano

Estadão

21 de setembro de 2011 | 00h21

Não foi tão fácil como a estreia diante do Uruguai, mas, como já era esperado, o Brasil continua sobrando no Campeonato Sul-Americano de vôlei, em Cuiabá. Nesta terça-feira, a vítima foi o Chile, que perdeu por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/19 e 25/10.

Bernardinho aproveita a competição, com jogos fáceis para a seleção masculina, e faz testes. O time desta terça foi completamente diferente do da segunda, com Marlon, Wallace, Sidão, Murilo e Dante. Somente Lucão e Serinho foram mantidos.

E o Brasil começou a partida um pouco desconcentrado, tanto que sofreu um pouco para fechar o primeiro set, apesar da enorme diferença técnica entre as duas equipes. Os chilenos faziam o jogo de suas vidas, e quase surpreenderam no calor mato-grossense .

No entanto, a partir da segunda parcial, a seleção brasileira entrou nos eixos e caminhou com tranquilidade rumo ao resultado positivo.

Nesta quara, às 22h30, o adversário é o frágil Paraguai. A partir de quinta, contra a Colômbia, a competição ficará um pouco mais complicada. No fim de semana, os duelos mais difíceis, contra Venezuela e Argentina. Mesmo assim, será muita zebra se o Brasil não levantar o troféu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.