Brasil na semi do Grand Prix

Estadão

25 de agosto de 2011 | 04h03

A seleção brasileira feminina de vôlei nem precisou sofrer para garantir vaga na semifinal do Grand Prix. Contra o Japão nesta quinta-feira em Macau, na China, o Brasil repetiu a boa atuação do dia anterior diante da Itália e ganhou por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/22 e 25/21.

Na madrugada de sexta-feira, às 2h30 (de Brasília), o time verde e amarelo enfrenta os Estados Unidos, em partida que vale o primeiro lugar do Grupo B. As norte-americanas também superaram italianas e japonesas na chave.

Neste momento, a missão do técnico José Roberto Guimarães é não deixar a equipe relaxar devido aos excelentes resultados que tem obtido. Em 2011, a invencibilidade permanece, com 21 vitórias – 11 no Grand Prix.

Mas, pelo menos por enquanto, nada parece conseguir abalar o grupo brasileiro. Nesta quinta, o Brasil perdeu a ponteira Mari, com dores abdominais, mas manteve o alto nível com Fernanda Garay em quadra.

Ela, aliás, foi uma das melhores do jogo, e tirou o time do sufoco no momento mais difícil, no segundo set. Provou que é jogadora de decisão e tem bola para não deixar o nível cair quando a titular estiver ausente.

Outras atletas que brilharam nesta quinta foram a central Thaisa e a oposto Sheilla. Duas craques que têm aterrorizado as adversárias no Grand Prix. Será que alguém conseguirá pará-las?

O fato é que as campeãs olímpicas certamente brigarão por mais um título, e, quem quiser colocar ponto final neste sonho brasileiro, terá que apresentar um grande voleibol.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.