Copa Truck incorpora Mercedes Challenge

Copa Truck incorpora Mercedes Challenge

Meses após a negociação iniciada no meio da temporada, Carlos Col confirmou ontem (17/12) que a segunda temporada da Copa Truck terá uma agenda mais cheia graças à adesão do Mercedes Benz Challenge.

Wagner Gonzalez

18 de dezembro de 2017 | 17h47

Giaffone vence a Copa Sudeste e Carlos Col compra categoria

Meses após a negociação iniciada no meio da temporada, Carlos Col confirmou ontem (17/12) que a segunda temporada da Copa Truck terá uma agenda mais cheia graças à adesão do Mercedes Benz Challenge. A categoria criada em 2011 com 20 unidades do modelo Classe C 250 CGI, todos eles preparados por Washington Bezerra, e em 2014 a especialidade cresceu com a inclusão de outros tantos Mercedes CLA 45 AMG, mais rápidos. A novidade levou os carros antigos a disputar uma categoria em separado, a Light.

Todas as sete temporadas disputadas até agora aconteceram dentro da programação do circo da Stock Car, situação que limitava sobremaneira o impacto promocional do evento. Em meados da temporada a Vicar – empresa responsável pela promoção da Stock Car – e a fábrica alemã decidiram interromper o acordo no final deste ano. A solução lógica para manter o Mercedes Challenge vivo foi negociar com Carlos Col, que dois anos após seu desligamento do grupo T4F voltou à ativa ao assumir o gerenciamento da Copa Truck. É o próprio Col quem explica:

Carlos Col comprou os direitos do Mercedes Benz Challenge (Duda Bairros)

“Eu fui procurado pela Mercedes no decorrer da temporada, mas só iniciei as negociações concretas após a montadora e a T4F acordarem o final dessa parceria. Hoje posso anunciar que em 2018 Mercedes Benz Challenge será parte da programação da Copa Truck.”

O calendário da categoria de caminhões inclui um total de nove provas, duas delas programadas para Buenos Aires e Rivera (veja calendário abaixo). A Mercedes-Benz, porém, ainda não definiu se os carros alemães participarão das etapas em solo estrangeiro. Segundo Alessandra de Souza, da assessoria de imprensa da marca, a ideia é cumprir quase todas as rodadas:

“Ainda não assinamos formalmente o contrato, algo que deve acontecer nos próximos dias ou, no máximo, início do ano. Por isso ainda não podemos comentar muito sobre o assunto. É nossa intenção cumprir quase todas as etapas do calendário da Copa Truck.”

A executiva da Mercedes evitou discorrer sobre quais etapas poderiam ficar de fora do calendário, mas adiantou que Col adquiriu os naming rights do Mercedes Benz Challenge e que, uma vez assinado o contrato, a fábrica de automóveis entrará como patrocinadora do certame. A princípio não estão previstas alterações de monta nos regulamentos técnico e desportivo.

Giaffone é o campeão da Copa Sudeste

Por questões variadas a Copa Truck ainda não tem um campeonato brasileiro e é este ano foi disputada em um sistema de copas regionais, o que permitiu simplificar a organização e reduzir os custos de homologação e autorização da CBA: competições de caráter regional pagam taxas mais reduzidas que as de nível nacional. Dessa forma, a primeira temporada dos brutos sob a denominação atual teve como campeões o pernambucano Beto Monteiro (Copa Centro Oeste, disputada em Goiânia (GO) e Campo Grande (MS)) e o paulista Felipe Giaffone, que conquistou as Copas Nordeste (Caruaru (PE) e Fortaleza (CE)) e Sudeste (Tarumã RS) e Interlagos (SP).  Nas duas provas de Interlagos Giaffone venceu a primeira e fez uma corrida conservadora na segunda, quando terminou atrás de Renato Martins e Roberval Andrade, primeiro e segundo colocados, respectivamente. Paulo Salustiano liderava a competição, mas foi obrigado a cumprir uma passagem pelo pit lane por queima de largada. A decisão foi bastante contestada por muitos que acompanharam a prova.

Felipe Giaffone venceu duas das três Copas disputadas este ano (Fábio Davini)

No ano que vem a temporada da categoria cresce de seis para nove etapas e será encerrada com a disputa de uma corridaonde estará em jogo o título brasileiro, em Curitiba (PR). O calendário proposto para 2018 é o seguinte:

25/3 – Cascavel (PR), Copa Sul

15/4 – Guaporé (RS), Copa Sul

27/5 – Curvelo (MG), Copa Sudeste

A definir – Interlagos (SP), Copa Sudeste

29/7 – Campo Grande (MS), Copa Centro-Oeste

6/8 – Goiânia (GO), Copa Centro-Oeste

16/9 – Buenos Aires (Argentina), Copa Mercosul

7/10 – Rivera (Uruguai), Copa Mercosul

9/12 – Curitiba (PR), Final

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.