F3 FIA: Pulcini brilha, Lundgaard dá as cartas

F3 FIA: Pulcini brilha, Lundgaard dá as cartas

Pedro Piquet e Felipe Drugovich se destacam em pista molhada.

Wagner Gonzalez

10 de abril de 2019 | 16h22

Clima instável marcou os testes no Circuito da Catalunha (f3fia.com)

Terminados os dois dias de testes em Barcelona, hoje, Christian Lundgaard mostrou-se o piloto mais regular da pré-temporada da renovada F-3 da FIA: o dinamarquês de 18 anos foi o mais rápido das sessões em Paul Ricard e ficou em segundo nos ensaios na pista da Catalunha, atrás do italiano Leonardo Pulcini. Felipe Drugovich e Pedro Piquet ficaram em 18ºe 19º, respectivamente; na sessão desta tarde marcada pela instabilidade climática os brasileiros se destacaram: Piquet foi o segundo mais rápido e Drugovich foi o quinto.

Christian Lundgaard foi o mais regular nos 4 dias de treinos da pré temporada (f3fia.com)

Comparando os dois brasileiros com Lundgaard e Pulcini pode-se traçar algumas semelhanças. O dinamarquês fez duas corridas na GP3 (este ano rebatizada de F-3 FIA) no ano passado, quando foi segundo colocado na Copa Europeia de F-Renault. O italiano foi 14º na GP3 em 2017 e em 2018 terminou em 4º; em 2016 ele foi o campeão da F-Renault europeia. O filho caçula de Nelson Piquet ficou em sexto lugar na GP3 de 2018, quando venceu uma corrida, foi vice-campeão na Toyota Racing Series em 2017, categoria com carros próximos da F-3 tradicional e disputada na Oceânia. Felipe Drugovich, cujo sobrenome também tem história nas pistas brasileiras, traz na bagagem dois títulos na temporada de 2018 (Espanhol de F-3 e Euroformula Open) e o do MRF Challenge 2017/2018, torneio disputado na Índia.

Pedro Piquet parte para sua segunda temporada na equipe Trident (fiaf3.com)

Os dois brasileiros têm boas chances de obter resultados destacados na temporada que começa no segundo fim de semana de maio, em Barcelona. Pedro Piquet segue na equipe Trident, o que dá continuidade ao trabalho iniciado na temporada de 2018; seus companheiros de equipe serão o finlandês Niko Kari, campeão espanhol de F-4 em 2015 e já em seu terceiro ano na categoria, e o canadense Devlin De Francesco, com experiência com diversos tipos de automóveis, mas sem qualquer resultado de destaque.

Felipe Drugovich é o mais experiente do trio inscrito pelo time Carlin (fiaf3.com)

Na equipe Carlin, Felipe Drugovich é quem tem maiores chances de brilhar quando se compara seu currículo com os de Teppei Natori e Logan Sargeant. O japonês chega sem maior experiência que a temporada de F-4 em seu país, em 2017, mas com apoio do principal patrocinador do time, a firma de investimentos Buzz. O norte-americano disou a F-Renault em 2018 e terminou a temporada em quarto lugar nas copas da Europa e do Norte da Europa.

Leonardo Pulcini, o mais rápido em Barcelona, está em sua terceira temporada na categoria (fiaf3.com)

Veja abaixo o resultado combinado dos dois testes em Barcelona:

1) Leonardo Pulcini, Itália, Hitech Grand Prix, 1’32”222
2) Christian Lundgaard, Dinamarca, ART Grand Prix, 1’32”369
3) Max Fewtrell, Grã-Bretanha, ART Grand Prix, 1’32”429
4) Alexander Peroni, Austrália, Campos Racing, 1’32”460
5) Jehan Daruvala, Índia, Prema Racing, 1’32”507
6) Liam Lawson, Nova Zelândia, MP Motorsport, 1’32”621
7) Sebastián Fernández, Espanha, Campos Racing, 1’32”627
8) David Beckmann, Alemanha, ART Grand Prix, 1’32”642
9) Robert Shwartzman, Russia, Prema Racing, 1’32”712
10) Richard Verschoor, Holanda, MP Motorsport, 1’32”722
11) Simo Laaksonen, Finlândia, MP Motorsport, 1’32”881
12) Jüri Vips, Estônia,Hitech Grand Prix, 1’32”901
13) Marcus Armstrong, Nova Zelândia, Prema Racing, 1’32”907
14) Lirim Zendeli, Alemanha,Sauber Junior Team by Charouz, 1’33”111
15) Jake Hughes, Grã-Bretanha, HWA Racelab, 1’33”199
16) Raoul Hyman, Grã-Bretanha, Sauber Junior Team by Charouz, 1’33”226
17) Ye Yifei, China, Hitech Grand Prix, 1’33”255
18) Felipe Drugovich, Brasil, Carlin Buzz Racing, 1’33”284
19) Pedro Piquet, Brasil, Trident, 1’33”286
20) Bent Viscaal, Holanda, HWA Racelab, 1’33”296
21) Logan Sargeant, EUA, Carlin Buzz Racing, 1’33”319
22) Artem Petrov, Rússia, Jenzer Motorsport, 1’33”523
23) Niko Kari, Finlândia, Trident, 1’33”533
24) Yuki Tsunoda, Japão, Jenzer Motorsport, 1’33”692
25) Fabio Scherer, Suíça, Sauber Junior Team by Charouz, 1’33”722
26) Keyvan Andres, Irã, HWA Racelab, 1’34”211
27) Devlin Defrancesco, Canadá, Trident, 1’34”229
28) Teppei Natori, Japão, Carlin Buzz Racing, 1’34”234
29) Andreas Estner, Alemanha, Jenzer Motorsport, 1’34”323
30) Alessio Deledda, Itália, Campos Racing, 1’35”009

 

 

Tendências: