Giovinazzi disputa o GP da China

Giovinazzi disputa o GP da China

Giovinazzi disputa o GP da China. Ferrari liberou italiano para a Sauber. Wehrlein ainda se recupera. Equipe fala com Honda. 

Wagner Gonzalez

03 de abril de 2017 | 13h36

 

Italiano estreou na F-1 no GP da Austrália, disputado em Melbourne e terminou em décimo-segundo lugar (Sauber)

Italiano estreou na F-1 no GP da Austrália, disputado em Melbourne e terminou em décimo-segundo lugar (Sauber)

Antonio Giovinazzi vai disputar o GP da China pela equipe Sauber, novamente em substituição ao alemão Pascal Wehrlein, que ainda se recupera de um acidente sofrido em janeiro. A Ferrari liberou o italiano para ocupar o segundo carro da Sauber na corrida que será disputada em Xangai, no próximo domingo. Posto que na semana seguinte o Campeonato Mundial de F-1 prossegue com o GP do Bahrain, é bastante provável que Giovinazzi também participe da terceira etapa da temporada.

Antonio Giovinazzi poderá ser confrmado tambem par ao GP do Bahrain, que acontece dia 16 em Sakhir (Sauber)

Antonio Giovinazzi poderá ser confrmado também para o GP do Bahrain, que acontece dia 16 em Sakhir (Sauber)

Giovinazzi estreou na F-1 no recente GP da Austrália, ocasião em que treinou apenas no sábado e conseguiu levar seu carro até o final da corrida, na qual terminou no décimo-segundo lugar, duas voltas atrás do vencedor. Mais experiente e com participação assegurada desde os primeiros treinos, o italiano deverá ter atuação mais destacada no circuito de Xangai.

Motor Honda pode equipar carro da Sauber em 2018. Decisão sai em breve (Honda)

Motor Honda pode equipar carro da Sauber em 2018. Decisão sai em breve (Honda)

Nos últimos dias a Sauber tem ocupado bom espaço no noticiário da F-1: além da recuperação lenta de Wehrlein comenta-se bastante sobre as negociações da Honda com a casa de Hinwill, cidade próxima a Zurique, visando um acordo de fornecimento de motores para a temporada de 2018. A possibilidade de o acordo acontecer ainda este ano em consequência de possível quebra de contrato entre os japoneses e a McLaren parece pouco provável no momento. A decisão de trocar o motor italiano pelo japonês para a temporada de 2018 será definida e acertada até o final deste mês.

 

 

 

#motoresclassicos

Tudo o que sabemos sobre:

GP da ChinaAntonio GiovinazziSauberHonda

Tendências: