Mercedes W08: campeão traz novidades

Mercedes W08: campeão traz novidades

Novo carro da equipe que venceu os últimos três campeonatos tem personalidade. Motor está mais pesado que o usado em 2016. Modelo usa 17% do W07

Wagner Gonzalez

23 Fevereiro 2017 | 12h38

(Mercedes)

(Mercedes)

Quarto modelo 2017 a ser apresentado, o F-1 da equipe Mercedes para esta temporada é o primeiro a adotar soluções próprias de aerodinâmica: o W08 mostra multi-aletas laterais e dispensa o uso da barbatana de tubarão já vista no Force India VJM10, no Renault RS17 e no Sauber C36, carros lançados desde a última segunda-feira. Apresentado hoje (quinta, 23/2) em Silverstone através de uma ação que explorou as redes sociais, o monoposto que será guiado por Lewis Hamilton e Valtteri Bottas completou cerca de 100 km de shake down, como é conhecido o processo de checagem de um carro que estreia nas pistas ou inicia uma sessão de treinos. Nenhum problema foi registrado pelo time comandado por Toto Wolff.

Novo W08 traz soluçnoes de aerodinåmica inéditas em relação aos F-1 2017 já apresentados (Mercedes)

Novo W08 traz soluções de aerodinåmica inéditas em relação aos F-1 2017 já apresentados (Mercedes)

Visualmente o W08 se diferencia do modelo anterior pelas exigências do novo regulamento – asas mais largas na dianteira e traseira -, e detalhes que deverão se tornar sua impressão digital: há uma saída de ar notável na junção do bico dianteiro com o monocoque – o conhecido duto S -, e a seção entre os pneus dianteiros e as entradas de ar laterais. Essa região foi foco de atenção no desenvolvimento aerodinâmico do projeto e apresenta três aletas verticais, a última delas em formato de “L” invertido e num desenho que acompanha as formas da carenagem lateral. Como o carro começou a ser projetado antes das definições das especificações técnicas dos novos pneus e regulamento para 2017, cerca de 17% do modelo do ano passado serviram de base para esse projeto.

A seção central do carro foi a que demandou mais tempo de pesquisa no túnel de vento (GP.Com)

A seção central do carro foi a que demandou mais tempo de pesquisa no túnel de vento (GP.Com)

Os pneus mais largos e a limitação de apenas quatro unidades de potência (conjunto que engloba os recuperadores de energia cinética e térmica e o motor V6 de combustão interna) demandaram reforços estruturais, o que adicionou peso ao conjunto. Isso ocorre porque os pneus para 2017, mais aderentes, aplicam forças maiores à suspensão e ao chassi, combinação que vai aumentar o tempo de aceleração plena em 10% por volta e levou a FIA a aumentar a quantidade de combustível embarcada em 5%. O conjunto desse detalhes levou os projetistas a refazer os cálculos de resistência dos materiais usados no trem de força formado pelo motor, câmbio e diferencial.

Lewis Hamilton foi quem estreou o W08 para filme promocional gravado em SIlverstone (Mercedes)

Lewis Hamilton foi quem estreou o W08 para filme promocional gravado em SIlverstone (Mercedes)

O novo Mercedes W08 lança uma nova marca da Mercedes, a “EQ”, que destaca o uso de inteligência elétrica nos carros da marca. Segundo Toto Wolff “os carros de F-1 e os modelos AMG de produção em série serão doadores e receptores de soluções desenvolvidas para as pistas e para as ruas e focadas em soluções híbridas de fontes de energia. O W08 começa a ser testado na próxima terça-feira, em Barcelona.