Corinthians 'B' 2 x 1 Palmeiras: prazer, Romarinho!

wagnervilaron

24 de junho de 2012 | 17h56

Só para começar, vamos deixar claro que o resultado do “clássico light” deste domingo não interfere em absolutamente nada na preparação de Corinthians e Palmeiras para a final da Taça Libertadores da América e da Copa do Brasil, respectivamente.

A importância e comoção despertadas por essas duas decisões nas respectivas torcidas são tão grandes que fazem qualquer tipo de relação do tipo sugerido acima ser descabida.

Isso posto, vamos ao post:

O Palmeiras levou o clássico desse domingo mais a sério.

Até Barcos, que na véspera era anunciado como poupado, foi a campo.

Mas tudo deu certo para o expressinho do Corinthians.

Além de ter vencido o jogo de virada, viu o jovem Romarinho marcar os dois gols e deixar o Pacaembu como personagem da partida.

Muito cedo para dizer que Romarinho vai se transformar em ídolo da Fiel.

Mas certamente é um alento para o técnico Tite, que ultimamente tem enfrentado tanta dificuldade para encontrar alternativas para o ataque corintiano.

O Palmeiras, por sua vez, teve a oportunidade para entender o que precisa melhorar.

Se sua defesa se comportou espetacularmente quando precisou ser disciplinado e organizado taticamente diante do Grêmio, o mesmo não se pode falar de seu meio-campo e ataque quando precisou jogar de igual para igual.

A estratégia atual funciona bem no mata-mata da Copa do Brasil.

Já nos pontos corridos do Brasileiro carece de ajustes e alternativas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.