Médico do Corinthians é convidado a concorrer como vice-prefeito pelo PDT

wagnervilaron

24 de fevereiro de 2012 | 17h48

O médico do Corinthians, Joaquim Grava, foi convidado a integrar a chapa do Partido Democrático Trabalhista (PDT) na disputa pela Prefeitura de São Paulo.

Grava seria o vice na chapa liderada pelo presidente da sigla, Paulo Pererira da Silva, o Paulinho da Força.

A ideia do partida é lança uma chapa “puro sangue”, ou seja, encabeçada apenas por filiados, sem a necessidade de coligações.

O médico corintiano filiou-se ao partido em 2010, quando pretendia concorrer a deputado estadual, o que não aconteceu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.