A hora e a vez de Deontay Wilder

Wilson Baldini Jr.

23 de abril de 2013 | 21h18

Sábado vai ser um dia decisivo para Deontay Wilder. Bronze na Olimpíada de Pequim/2008, o peso pesado norte-americano enfrenta o experiente e decadente Audley Harrison, em Sheffield, na Inglaterra. Aos 27 anos e com um cartel impecável de 27 lutas, com 27 nocautes, Wilder, de 2,01 metros, sabe que uma vitória o coloca entre os favoritos para disputar o título mundial em 2014. Mas uma derrota será encarada como uma catástrofe.

Wilder melhorou muito depois que foi contratado pela Golden Boy Promotions, mas ainda lhe falta velocidade nos braços e pernas e uma variedade maior de golpes. O que não se pode negar é a forte pegada em ambos os punhos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.