Adonis Stevenson é demais para Bernard Hopkins

Wilson Baldini Jr.

25 de maio de 2014 | 02h42

Adonis Stevenson manteve o cinturão dos meio-pesados, versão Conselho Mundial de Boxe, ao sobreviver na guerra contra o polonês Andrzej Fonfara. Foram 12 roundes sensacionais e o canadense, nascido no Haiti, de 36 anos, – dez anos mais velho que o desafiante -, mostrou grande preparo, força e determinação para obter a 24ª vitória, em 25 lutas.

Agora, Stevenson aguarda a decisão de seu empresário Al Haymon, que poderá colocá-lo diante do veterano Bernard Hopkins para unificar o título da categoria. Particularmente, acho que Stevenson é demais para Hopkins. O vovô corre o risco de se aposentar com uma surra.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: