Ali

Ali

Wilson Baldini Jr.

25 de maio de 2011 | 07h56

Apesar de debilitado, Muhammad Ali segue na tentativa de libertar os dois alpinistas norte-americanos, que estão presos no Irã, acusados de espionagem. O ex-campeão mundial dos pesos pesados têm usado sua influência há vários meses junto ao governo iraniano. Nesta terça-feira, Ali e sua mulher, Lonnie, estiveram em mais um evento. Desta vez, em Washington.

Tudo o que sabemos sobre:

criseIrãMuhammad Ali

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.