Broner pede desculpas, após prisão

Wilson Baldini Jr.

20 de março de 2013 | 20h32

Adrian Broner só não passou a madrugada de quarta-feira na prisão, porque pagou uma fiança de US$ 1,5 mil. Um dos nomes mais importantes da nobre arte atual, o boxeador, de 23 anos, se envolveu em uma confusão em um clube noturno de Miami, por volta das quatro horas da manhã. “Foi só um mal-entendido. Pensaram que se tratava de um grande briga, mas não era. Peço desculpas a meus fãs e ao mundo do boxe”, disse o lutador, que soma 26 vitórias, com 22 nocautes.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.