Esquiva diz estar “louco” para voltar a lutar

Wilson Baldini Jr.

16 de fevereiro de 2014 | 22h29

A boa estreia no boxe profissional, na madrugada de domingo, nos EUA, deixou Esquiva Falcão “louco” de vontade de voltar aos ringues. Sua segunda luta será dia 12 de abril na preliminar de Manny Pacquiao x Timothy Bradley, em Las Vegas. O adversário ainda não foi definido.

Esquiva chega ao Brasil na terça-feira pela manhã e vai direto para o Espírito Santo ver a família e os amigos. “Vou aproveitar para descansar, mas vou treinar um pouco, pois não posso ficar muito tempo parado se não o Miguel Diaz vai pegar no meu pé”, disse ao Estado o medalha de prata em Londres/2012, referindo-se ao seu técnico argentino.

Esquiva disse que começou um pouco nervoso a luta contra Joshua Robertson, mas ficou mais tranquilo a partir do segundo assalto, quando passou a aplicar melhor os golpes e impor boas sequências.

Esquiva volta para Las Vegas no dia 2 de março. “Vou treinar mais forte e fazer ainda mais bonito dentro do ringue na segunda luta”, prometeu o brasileiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.