Hopkins perde luta, mas jamais um lugar na história

Wilson Baldini Jr.

09 de novembro de 2014 | 08h40

Sergey Kovalev unificou o cinturão dos meio-pesados (FIB, AMB e OMB), nesta madrugada de domingo. Segue invicto (26 vitórias, 23 nocautes e um empate) e poderá dizer para os netos que derrotou no dia 8 de novembro de 2014 Bernard Hopkins, uma das lendas do boxe.

Aos 49 anos, Hopkins sabia que tinha em Kovalev o maior adversário neste período de sua carreira. O tempo é inexorável. Passa para todos. Não dá chance. Mas a derrota não mancha em absoluto a carreira de Hopkins, que antes do combate planejava uma luta entre os supermédios contra Gennady Golovkin.

Hopkins, infelizmente, chegou a hora de pendurar as luvas. Entre para o Hall da Fama e tenho o respeito de todos que amam a Nobre Arte.

Tudo o que sabemos sobre:

Bernard HopkinsSergey Kovalev

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.