Joe Louis x Max Schmeling II: 75 anos

Wilson Baldini Jr.

22 de junho de 2013 | 03h29

O segundo duelo entre Joe Louis e Max Schmeling completa 75 anos neste 22 de junho. No primeiro, em 1936, o alemão acabou com a invencibilidade do norte-americano de 27 lutas para manter o cinturão. Dois anos mais tarde, o título dos pesos pesados era de Louis, que entrava no ringue pela quarta vez como campeão.

O Yankee Stadium, no Bronx, Nova York, tinha 70 mil pessoas, que deixaram US$ 1.015.012,00 nos guichês do estádio. Entre os espectadores, figuras ilustres do cinema como Clark Gable, Gary Cooper e Gregory Peck.

Ao contrário da primeira luta, quando perdeu por nocaute no 12º round, a Bomba Marron dominou amplamente o adversário, que caiu duas vezes antes do segundo minuto da luta. O massacre terminou aos 2min04 do primeiro assalto.

A luta foi considerada a melhor da década de 30.

Os dois se tornaram grandes amigos. Louis morreu pobre, aos 66 anos. No enterro de Louis, sua esposa recebeu um envelope com dinheiro enviado pelo alemão para os gastos com o funeral. Schmeling mandou dinheiro para Louis durante vários anos.

Schmeling viveu muito bem até 2005, quando morreu aos 99 anos. Usado como exemplo pelo nazismo por Adolf Hitler durante a Segunda Guerra Mundial, Schmeling, que era contra o regime, utilizava seu luxuoso carro – modelo igual na Alemanha da época somente tinha o comandante da SS – para levar seus amigos judeus até a fronteira mais próxima e assim fugir dos nazistas.

Veja o vídeo sobre as duas lutas. Repare no treino de Schmeling com a lenda Jack Dempsey. Imperdível!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.