Julio Cesar Chavez agora pode ser chamado de Junior

Wilson Baldini Jr.

17 de junho de 2012 | 02h04

Julio Cesar Chavez Jr. nasceu há 26 anos Julio Cesar Chavez Carrasco. Adotou o Junior para chamar mais a atenção da mídia e do público. No começo de carreira não honrava o nome que herdou de uma das maiores lendas do boxe. Mas de uns combates para cá tem demonstrado uma evolução muito grande. A vitória sobre o irlandês Andy Lee neste início de madrugada de domingo foi muito boa. Abusando dos golpes na linha de cintura, assim como fazia tão bem seu pai, Chavez Jr. foi minando a resistência de Lee, até vencer por nocaute técnico no sétimo assalto. Grande triunfo!

Para entrar para o hall dos grandes lutadores resta a Chavez Jr. derrotar o argentino Sergio Martinez. O que parecia um suicídio há algum tempo agora passa a ser encarado com a expectativa das maiores lutas da atualidade. Martinez segue como favorito, mas não podemos mais duvidar do talento de Chavez Jr.. Diga-se de passagem: o trabalho do técnico Freddie Roach tem sido espetacular. Dentro e fora do ginásio, pois sabemos que Chavez Jr. não é um exemplo de bom comportamento.

Tudo o que sabemos sobre:

AndyCesarChavezJr.JulioLeeMartinezSergio

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: