Mais um nocaute de Dempsey

Wilson Baldini Jr.

24 de junho de 2009 | 17h57

A Espanha pensou que iria massacrar os Estados Unidos na semifinal da Copa das Confederações. Mas não sabia que do outro lado tinha um Dempsey. Resultado: derrota por 2 a 0.

O meia Clint Dempsey nada tem de parentesco com o mostruoso Jack Dempsey, que assombrou o mundo e foi campeão dos pesos pesados de 1919 a 1926. O “Matador de Manassa” venceu 66 lutas (51 nocautes), empatou 11 e perdeu seis combates.

A mais ilustre de suas vitórias foi sobre o fortíssimo argentino Luis Angel Firpo, o “Touro Selvagem dos Pampas”, em 13 de setembro de 1923. Diante de 82 mil pessoas, em Nova York, os dois travaram um dos combates mais violentos da história.

Firpo caiu cinco vezes no primeiro assalto, mas ainda teve forças para reagir e acertar uma direita impressionante, que levou Dempsey para fora do ringue. Tudo isso foi no primeiro assalto.

No segundo, Dempsey foi para cima e derrubou Firpo mais duas vezes.

Jack Dempsey nasceu em Manassa, Colorado, em 24 de Junho de 1895. Morreu em Nova York, em 31 de Maio de 1983.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: