Mike Tyson diz ser alcoólatra

Wilson Baldini Jr.

24 de agosto de 2013 | 13h56

Cada entrevista de Mike Tyson é um show. Sexta-feira à noite, em Verona, Nova York, após sua estreia como empresário, o ex-campeão mundial dos pesos pesados falou por 15 minutos com a imprensa e revelou fatos importantes de seu momento atual.

Disse que pediu desculpas a Teddy Atlas, seu ex-treinador e atual comentarista da ESPN e que estava trabalhando no evento. “A vida é curta. Eu quero fazer as pazes com todos”, disse Tyson, que brigou com Atlas em 1982, quando tinha 16 anos, após abusar sexualmente de uma garota de 12 anos, parente de Atlas. O técnico chegou a pegar uma arma e colocar na cabeça de Tyson.

Tyson também revelou que não bebe e não se droga há apenas seis dias. “Para mim isso é um milagre. Estive mentindo para todo mundo que achava que eu estava sóbrio, mas eu não estou. Este é o meu sexto dia (mostrou com os dedos das mãos). Nunca vou usar novamente”, disse, antes de ser bastante aplaudido pelos repórteres e fãs.

Tudo o que sabemos sobre:

Mike Tyson

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: