MMA é MMA. Boxe é boxe

Wilson Baldini Jr.

23 de fevereiro de 2010 | 09h37

Quando vejo as lutas de MMA espero ver o MMA em ação. Sábado na luta do Minotauro com o Velazquez o que vi foi uma luta muito ruim de boxe. Não sei o motivo do Minotauro ter mudado o estilo de lutar. Ele é um fenômeno no chão.

Quando os atletas do MMA se metem a lutar boxe fica um negócio feio de se ver. Eles não tem jogo de cintura, de pernas, esquivas, vira uma luta de rua, entre dois valentões. Coisa de briga de bairro, como tinha no Bom Retiro, onde nasci, ou na Barra Funda, onde cresci.

Não quero vr o Anderson Silva, que é um craque do MMA, lutar boxe com o Roy Jones. Mesmo velho e uma sombra do que foi, o Jones derruba o Anderson.

Uma vez me disseram que para lutar MMA é preciso seis meses de treinos. Já para se tornar um grande astro do boxe é preciso nascer para isso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.