Morre Santo Arias. Grande homem, grande técnico

Wilson Baldini Jr.

16 de setembro de 2013 | 16h41

Uma das primeiras pessoas que conheci no boxe foi o senhor Santo Arias, pai do peso pesado George Arias. Uma “figuraça”, gente muito boa. Fazia de tudo para promover com um orgulho tremendo a carreira do filho. Sabia como poucos sobre a nobre arte. Seu Santo Arias morreu nesta segunda-feira. Vai fazer muita falta. Meus pêsames.

Tudo o que sabemos sobre:

George AriasSanto Arias

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: