Obrigado, basquete!

Wilson Baldini Jr.

22 de setembro de 2011 | 17h17

O basquete voltou!!! Que bom!!! Com a vaga olímpica para Londres/2012, o bola ao cesto (como dizia meu avô) voltou a ocupar o espaço que merece. O de segundo esporte brasileiro. Aliás, para mim nunca deixou de ser. Não é porque não tinha resultados dentro da quadra que o esporte não presta mais. O vôlei, que é referência no mundo, não sofre críticas pois vence tudo. Vamos ver se o período de vacas magras atingir o time de Bernardinho e Cia. Aí não presta mais ninguém? Tá errado.

O que surgiu de gente entendida de basquete nos últimos dias é uma grandeza. Discutem até se Varejão, Leandrinho e Nenê devem ir à Olimpíada….Puxa vida! Não sabem nem quantos jogadores formam um time. Quando se está por cima todo mundo acha que sabe tudo do assunto. Tem gente que fala que outros esportes são “Educação Física”, mas com a proximidade da Olimpíada – e como é em Londres – todo mundo já tenta assegurar uma vaga no “trem da alegria” ano que vem. Bando de hipócritas.

Com o boxe é mesma coisa. Amanhã alguém vai ganhar um título mundial ou olímpico, aí vai surgir um monte de entendido no esporte que está “morto”. Mortos estão eles.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.