Pacquiao pode ser o elo entre Top Rank e Golden Boy?

Wilson Baldini Jr.

20 de maio de 2014 | 18h01

No primeiro momento não aprovei a renovação de contrato de Manny Pacquiao com a Top Rank, com término para 31 de dezembro de 2016. Todo mundo sabe que Floyd Mayweather não suporta Bob Arum e vice-versa, o que impossibilitaria o sonhado confronto entre Manny Pacquiao e Floyd Mayweather.

Mas o filipino poderá ser o elo entre Top Rank e Golden Boy Promotions. Apesar da queda física, Pacman continua sendo um nome forte para o pay per view e existem poucas alternativas para Mayweather atingir uma venda considerável. Foram decepcionantes as 845 mil assinaturas para Mayweather x Maidana no último dia 3.

Shaw Porter, Keith Thurman, Amir Khan ou até mesmo uma revanche com Marcos Maidana não chegam a entusiasmar Stephen Espinoza, diretor de esportes do canal Showtime, que assinou no início do ano passado um contrato de US$ 250 milhões com Mayweather por seis lutas.

Espinoza já disse que está aberto para uma co-produção com o canal HBO para reunir os melhores lutadores da Top Rank contra a Showtime. Arum e . Tudo para que a venda no pay per view fique perto das 2 milhões de assinaturas negociadas.

Dentro de no máximo duas semanas, Mayweather vai anunciar seu adversário de 13 de setembro e ele não deverá ser Pacquiao. Mas dependendo do resultado no pay per view, o confronto entre Mayweather e Pacquiao poderá ser inevitável em 2015.

Se ainda assim esse combate não sair, Pacquiao poderá ser usado por Arum para fazer lutas contra boxeadores da Golden Boy, como Saul canelo Alvarez ou Amir Khan.

Vamos torcer para que aconteça o melhor para o boxe!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: