Rigondeaux derrota Donaire

Wilson Baldini Jr.

14 de abril de 2013 | 01h42

Com uma defesa sólida e um ataque eficaz, o cubano Guillermo Rigondeaux venceu o filipino Nonito Donaire, no início da madrugada de domingo, em Nova York, unificando os cinturões da AMB e OMB dos supergalos. Os juízes foram unânimes: 114-113, 115-112 e 116-111.

Donaire, que chegou a derrubar Rigondeaux no décimo round, terminou o combate com um inchaço grande abaixo do olho direito e sangramento pelo nariz.

Após o anúncio oficial, uma pequena vaia pôde ser ouvida no Radio City Music Hall.

É verdade que Rigondeaux poderia ter atacado mais, mas sua defesa deu pouca chance a Donaire.

Bicampeão olímpico, Rigondeaux, de 32 anos, soma 12 vitórias, com oito nocautes.

Donaire, que não perdia desde seu segundo combate como profissional, acumula duas derrotas, com 31 triunfos e 20 nocautes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.