Uma estreia perfeita de Esquiva Falcão

Wilson Baldini Jr.

16 de fevereiro de 2014 | 03h41

Sério, tranquilo e preciso. Esquiva Falcão teve uma estreia perfeita nesta madrugada de domingo em Lancaster, na Califórnia, ao derrotar Joshua Robertson, por nocaute técnico no quarto assalto.

Esquiva mostrou uma tranquilidade de veterano para distribuir os golpes com boas sequências. Canhoto, o brasileiro usou a direita tanto na linha de cintura como em upper. Já no segundo assalto, o medalha de prata em Londres chegou a encurralar o adversário, aplicou bons golpes na cintura, mas não se afobou em busca do nocaute.

A boa atuação animou o técnico Miguel Diaz logo no intervalo do primeiro para o segundo round.

Robertson mostrou boa resistência, mas foi salvo pelo árbitro de um castigo maior a 36 segundos do fim do quarto assalto.

Esquiva deixa uma ótima impressão à Top Rank e não deve demorar para retornar aos ringues.

A LUTA
Com um plano de luta, Esquiva dominou o ringue e tomou a iniciativa do combate desde o início. Rápido, o brasileiro aplicou os golpes com facilidade no rosto e no corpo do norte-americano.

No segundo assalto, Robertson já apresentou um hematoma abaixo do olho esquerdo, devido ao ataque insistente de Esquiva. A linha de cintura foi bastante castigada também.

No terceiro assalto, Esquiva variou o ataque e passou a usar ainda mais a direita.

No quarto round, o brasileiro intensificou o ataque e forçou o juiz a parar o combate.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeboxeoboxingEsquiva FalcãoTop Rank

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.