Uma vergonha!

Wilson Baldini Jr.

19 de setembro de 2009 | 01h16

Foi ridícula a atuação de Giovanni Andrade diante de Guillermo Rigondeaux, sexta-feira à noite, em Miami. Se movimentou de forma horrível, sapateou todo torto, discutiu com o público e ainda quis intimidar o adversário. Boxe, que é bom….nada! Em quase nove minutos, o brasileiro só disparou um golpe.

Depois a gente é obrigado a ouvir no exterior que no Brasil não tem boxe, só tem futebol e que o Popó foi um meteoro que caiu na Amazônia.

Perder faz parte do esporte. Mas o que se viu foi uma vergonha!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.