Wilder soma o 30.º nocaute e pode disputar título do CMB

Wilson Baldini Jr.

27 de outubro de 2013 | 11h26

O norte-americano Deontay Wilder segue seu caminho em busca de uma chance de disputar o título mundial dos pesos pesados. Sábado à noite, na preliminar de Hopkins x Murat, Wilder somou o 30º nocaute, em 30 lutas, ao derrubar Nicolai Firtha no quarto assalto.

O próximo desafio do peso pesado de 2,01 metros poderá ser o cinturão do Conselho Mundial de Boxe. Richard Schaefer, CEO da Golden Boy Promotions, quer colocar Wilder diante do compatriota Bermane Stiverne. Tudo vai depender se o ucraniano Vitaly Klitschko irá anunciar sua aposentadoria para concorrer à presidência de seu país. Com isso, o título pode ficar vago no início de 2014.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.