Adrianinha prevê jogo difícil contra seleção de Mali

A armadora Adrianinha mostrou estar preocupada com a seleção de Mali, adversário do Brasil em amistoso neste sábado e segundo rival na fase inicial do Mundial de basquete, na República Checa. O jogo será disputado às 15h30 (horário de Brasília), na cidade francesa de Fougères.

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2010 | 18h21

"Elas contam com uma boa jogadora, a Hamchetou Maiga Ba que atua no Minnesota Lynx da WNBA. As seleções africanas têm como características a velocidade e a força física. Vai ser bom conhecermos um adversário que vamos enfrentar no Mundial", comentou a jogadora brasileira.

"Joguei contra a seleção de Mali no mundial juvenil de 1997. Acredito que o basquete delas tenha evoluindo bastante, ainda mais agora com o técnico francês", completou, se referindo ao treinador Herve Coudray.

O técnico da seleção de Mali admitiu as limitações de sua equipe, mas comemorou a chance de disputar o amistoso com o Brasil. "Sabemos das nossas limitações e nossos objetivos no Mundial são modestos. Queremos fazer boas partidas, mostrar que estamos evoluindo. Jogar contra o Brasil é uma excelente oportunidade para nós".

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteseleção femininaMali

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.