Jerome Miron/USA Today Sports
Jerome Miron/USA Today Sports

Alemanha é preterida no Pré-Olímpico e Nowitzki não vai ao Rio

País fica fora da lista das possíveis sedes e não poderá buscar vaga

Estadão Conteúdo

19 de janeiro de 2016 | 14h53

Itália, Sérvia e Filipinas foram apontadas nesta terça-feira pela Federação Internacional de Basquete (Fiba) como sedes dos três torneios pré-olímpicos masculinos paralelos, cada um classificando um time para a Olimpíada. A consequência direta disso é que o alemão Dirk Nowitzki, astro da NBA, não disputará os Jogos do Rio-2016.

Desclassificada do processo de classificação por conta da má campanha no Campeonato Europeu, a Alemanha era uma das candidatas a sediar um dos três Pré-Olímpicos Mundiais e, como não foi escolhida, não terá direito a voltar à disputa por uma vaga na Olimpíada.

Além da Alemanha, também República Checa e Turquia foram preteridas, sem grandes consequências. Como Itália, Sérvia e Filipinas já tinham vaga garantida nestes Pré-Olímpicos, três vagas foram abertas e a Fiba convidou Letônia, Croácia e Turquia - a República Checa já tinha vaga. De acordo com a entidade, as escolhas refletem o resultado do Europeu e o ranking mundial.

Os 18 times serão divididos em três grupos, em Turim, Manila e Belgrado, jogando entre 4 e 10 de julho. De cada uma dessas chaves (que na prática são torneios independentes) sai um classificado para a Olimpíada. Jogam: Angola, Canadá, República Checa, França, Grécia, Irã, Itália, Japão, México, Nova Zelândia, Filipinas, Porto Rico, Senegal, Sérvia e Tunísia. Os grupos serão sorteados na próxima terça-feira.

No feminino o processo é diferente e o Pré-Olímpico Mundial será realizado em sede única, entre 13 e 19 de junho, com 12 times e cinco vagas em jogo. A França venceu a concorrência contra a Espanha e sediará o torneio, que também terá Argentina, Bielo-Rússia, Camarões, China, Cuba, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Nigéria, Espanha e Turquia.

EUA (campeão mundial), Brasil (dono da casa), Sérvia, Canadá, Austrália, Japão e Senegal já estão classificados para a Olimpíada no feminino. No masculino, além dos dois primeiros, também estão garantidos Austrália, Nigéria, Venezuela, Argentina, Espanha, Lituânia e China.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.