Allan Houston opta por não voltar a jogar na NBA

Ala-armador, de 36 anos, não aceita oferta do New York Knicks e continua 'aposentado'

22 de outubro de 2007 | 16h07

A expectativa era grande, mas Allan Houston desistiu do sonho de voltar a jogar na NBA, especificamente pelo New York Knicks, trazendo alívio ao técnico da equipe, Isiah Thomas, que teria que cortá-lo de qualquer maneira, uma vez que o elenco já tem sua capacidade máxima de 15 jogadores.   Houston deixou a NBA havia dois anos, por causa de dores crônicas nos dois joelhos, mas ficou animado com a possibilidade de retornar à NBA aos 36 anos de idade. O convite oficial dos Knicks veio, mas o ex-jogador só compareceu aos treinamentos 10 dias após o início dos treinamentos.   Além disso, o técnico da equipe, Isiah Thomas, havia deixado claro que o convite aconteceu somente como forma de respeito pela história de Houston com os Knicks, e não pelo fato de que o time realmente precisava de alguém com experiência para a temporada regular.   Ciente do pensamento do técnico, Houston optou por acabar com sua tentativa de retorno à NBA: "Enquanto meu corpo e meus joelhos estiveram bem, eu sei o que é preciso para que eu seja novamente efetivo e tenha chance de jogar na NBA, e isto envolve tempo e um treinamento progressivo que não seria justo com o Isiah [técnico dos Knicks] e com os Knicks, agora", disse o ex-jogador, num boletim divulgado pelo clube.   "Com a temporada perto de começar, eu acho que o melhor para o time é para andar sem esperar pelo meu retorno. Eu agradeço a oportunidade que o Isiah e os Knicks me deram, e eu desejo todo o sucesso possível para a equipe", completou Allan Houston, que é o quarto cestinha na história do New York Knicks, sendo que disputou nove temporadas pela franquia.

Tudo o que sabemos sobre:
NBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.