Mark J. Terrill|AP
Mark J. Terrill|AP

Anderson Varejão é dispensado pelo Warriors e fica sem equipe na NBA

Brasileiro atuou em somente 14 dos 50 jogos da franquia na temporada

Estadao Conteudo

03 Fevereiro 2017 | 18h54

O Golden State Warriors anunciou nesta sexta-feira a dispensa do brasileiro Anderson Varejão. O pivô brasileiro de 34 anos estava há um ano na franquia californiana, mas viu seu espaço no elenco diminuir gradativamente até ser liberado e ter seu futuro na NBA colocado em xeque.

Varejão atuou em somente 14 dos 50 jogos do Warriors na temporada, com médias de 1,3 ponto e 1,9 rebote em 6,6 minutos em quadra. Curiosamente, sua dispensa acontece no dia seguinte de uma rara aparição do pivô em quadra, uma vez que ele atuou por oito minutos e pegou dois rebotes no triunfo de quinta sobre o Los Angeles Clippers.

Esta é a 13.ª temporada de Varejão na NBA. Foram 11 completas pelo Cleveland Cavaliers, que o trocou para o Portland Trail Blazers durante a edição de 2015/2016. Ele foi imediatamente dispensado pelo time do Oregon e encontrou espaço justamente no Warriors em fevereiro do ano passado.

Por conta da idade avançada e dos inúmeros problemas físicos que enfrentou nos últimos anos, o futuro de Varejão na NBA é incerto. O pivô agora está na lista de waivers, ou seja, quem contratá-lo nas próximas 48 horas terá que arcar com o restante de seu contrato de US$ 1,551,659 para esta temporada. Após este período, o jogador estará livre para definir seu destino.

A dispensa de Varejão aconteceu para abrir espaço no elenco do Warriors, que deve oficializar o acerto com o armador Briante Weber. O jogador foi eleito o melhor do mês de janeiro da liga de desenvolvimento da NBA, a D-League, com médias de 21 pontos, oito assistências, seis rebotes e 3,6 roubos pelo Sioux Falls neste período.

Mais conteúdo sobre:
NBA basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.