John Raoux/AP
John Raoux/AP

Anthony Davis faz 33 pontos em retorno, mas Pelicans perdem para o Magic

Após perder parte da pré-temporada, astro está recuperado de torção no tornozelo

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2016 | 09h42

De volta às quadras antes da previsão inicial em razão de uma torção no tornozelo, Anthony Davis brilhou na noite de quinta-feira, na reta final da pré-temporada da NBA. O ala-pivô anotou 33 pontos e obteve 13 rebotes, mas não impediu a derrota do New Orleans Pelicans por 114 a 111 para o Orlando Magic, fora de casa, em amistoso definido na prorrogação.

Davis se lesionou em 12 de outubro, durante jogo da pré-temporada contra o Houston Rockets, na China, e a previsão inicial era de que ele só voltaria às quadras em um período entre dez dias e duas semanas. Porém, acabou retornando antes do início da temporada regular, na próxima quarta-feira.

Pouco mais de uma semana após se lesionar, Davis voltou sendo dominante desde o início do jogo, tendo marcado 16 pontos em nove minutos do primeiro quarto, que terminou com o Pelicans em vantagem de 38 a 22.

Mas depois o Magic reagiu e conseguiu levar o duelo para a prorrogação após o novato Buddy Hield desperdiçar a chance de dar a vitória ao Pelicans nos instantes finais do quarto período. Terrence Jones marcou 20 pontos pelo time de New Orleans, que fechou a pré-temporada com um vitória em quatro jogos.

Evan Fournier anotou 22 pontos e Serge Ibaka fez 18 pelo Magic, que ainda não havia triunfado nos jogos preparatórios para o campeonato.

OUTROS JOGOS

Com 16 pontos e 15 rebotes de Dwight Howard, o Atlanta Hawks superou o Chicago Bulls por 97 a 81, chegando ao quinto triunfo em sete jogos da pré-temporada. Kyle Korver também anotou 16 pontos pelo Hawks, mesma produção ofensiva de Jimmy Butler pelo Bulls, agora com três triunfos em sete duelos da pré-temporada.

Fora de casa, o New York Knicks venceu o Brooklyn Nets por 116 a 111, com 21 pontos de Carmelo Anthony. Já Jeremy Lin brilhou pelo Nets com 24 pontos e dez assistências. Também na noite de quinta, o Charlotte Hornets venceu o Miami Heat por 96 a 88.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.