Aos 36, Kobe Bryant ainda tem maior salário da NBA; LeBron é sexto

Astro do Los Angeles Lakers recebe mais de R$ 57 milhões por temporada e é seguido por Amar'e Stoudemire e Joe Johnson

O Estado de S. Paulo

23 Outubro 2014 | 10h16

O veterano Kobe Bryant pode não ser mais considerado o grande jogador de basquete do planeta, mas quando o assunto é dinheiro, o astro do Los Angeles Lakers ainda é quem "manda" na NBA e, com um salário avaliado em R$ 57,8 milhões, tem os maiores vencimentos de toda a liga.

Em ranking divulgado pelo site norte-americano HoopsHype, Kobe, dono de cinco anéis de campeão da NBA e atualmente o quarto maior cestinha da história da liga, podendo ultrapassar Michael Jordan em breve, supera por "apenas" R$ 300 mil o ala/pivô Amar'e Stoudemire, do New York Knicks. O camisa 1 do time nova iorquino, apesar de nunca ter conquistado a NBA, já foi considerado um dos melhores do planeta e foi contratado para liderar uma reformulação nos Knicks algumas temporadas atrás. Quem completa o pódio é Joe Johnson, do outro time de Nova Iorque, o Brooklyn Nets. Ele recebe R$ 57 milhões por temporada.

Na quarta posição, está Carmelo Anthony, companheiro de Stoudemire nos Knicks e que, em recente renovação, passou a receber R$ 55,2 milhões de salário, à frente do "Superman" Dwight Howard, com vencimentos de mais de R$ 52 milhões do Houston Rockets. Já LeBron James, considerada a grande estrela do momento na NBA está "só" na sexta posição da lista. O astro, que recentemente trocou o Miami Heat pelo Cleveland Cavaliers, "engorda" sua conta bancária em R$ 50,7 milhões por ano, mesma quantia recebida por seu ex-companheiro de equipe Chris Bosh.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;" CLASS="IMGEMBED

Chris Paul, armador do Los Angeles Clippers, considerado por muitos como o melhor de sua posição na atualidade, recebe R$ 49,3 milhões, pouco a mais do que Kevin Durant, atual MVP da liga e grande estrela do Oklahoma City Thunder. Quem completa o Top 10 é mais um "nova iorquino". Deron Williams, armador do Brooklyn Nets, que tem salário estimado em R$ 48,5 milhões.

NOVA IORQUINOS SÃO OS "GASTÕES" DA NBA
Considerando os salários de todos os jogadores dentro dos times, quem mais possui gastos são os dois times de Nova Iorque, os Nets e os Knicks. A equipe do Brooklyn tem uma folha salarial avaliada em R$ 226,8 milhões, ou seja, mais de R$ 70 milhões acima do teto salarial estipulado pela NBA para a atual temporada, de R$ 152,5 milhões. Os Knicks, não muito atrás, gastam R$ 214,4 milhões, sendo exatamente metade disso apenas para manter Amar'e Stoudemire e Carmelo Anthony no elenco.

Na sequência, aparecem Los Angeles Clippers, Toronto Raptors, time dos brasileiros Lucas Bebê e Bruno Caboclo e o Memphis Grizzlies, na quinta posição. O curioso da lista é que San Antonio Spurs e Miami Heat, que fizeram as duas últimas finais da liga, com um título para cada um, estão entre os mais econômicos da NBA, com, respectivamente, a 15ª e 19ª posição na lista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.