Christian Petersen / AFP
Christian Petersen / AFP

Aos olhos de 70 mil, North Carolina bate Gonzaga e fatura seu 6º título da NCAA

Equipe que abriu as portas para Michael Jordan venceu estreante em finais

Estadao Conteudo

04 de abril de 2017 | 10h34

Diante de um incrível público de mais de 70 mil pessoas, no estádio da Universidade de Phoenix, em Glendale, em jogo encerrado no início da madrugada desta terça-feira (no horário de Brasília), North Carolina conquistou o seu sexto título da NCAA, o basquete universitário dos Estados Unidos, ao vencer o Gonzaga por 71 a 65 na grande decisão da competição.

Famosa principalmente pelo fato de ter sido a universidade que abriu as portas para o surgimento de Michael Jordan antes da consagração do astro na NBA, North Carolina não faturava o troféu do torneio desde 2009, sendo que no ano passado amargou uma dura derrota na final. Na ocasião, perdeu o título para o Villanova ao ver o adversário converter um arremesso no estouro do cronômetro, no lance final do duelo.

Agora, porém, os Tar Heels, como são conhecidos, fizeram os últimos oito pontos da decisão contra o Gonzaga para assegurar o seu triunfo e a taça - além da conquista de 2009, a faculdade antes também levou o troféu da NCAA em 1957, 1982, 1993 e 2005.

North Carolina também se tornou, de forma isolada, a terceira maior vencedora de títulos do basquete universitário dos EUA, ficando atrás apenas de UCLA, disparada a maior campeã, com 11 ao total, e Kentucky, com oito taças. Duke e Indiana, com cinco troféus cada uma, foram superadas pela equipe da Carolina do Norte neste ranking de vencedores.

E, para levar o hexacampeonato da competição, North Carolina acabou triunfando em um jogo "travado", em que foram cometidas 44 faltas e cobrados 52 lances livres. A partida também contou com um aproveitamento ruim das duas equipes nos arremessos.

Em meio a este contexto, Joel Berry II foi o cestinha do jogo pelos campeões, com apenas 22 pontos, sendo que ainda contabilizou seis assistências. Assim, faturou também o prêmio de melhor jogador do Final Four, que é a fase derradeira da NCAA. Justin Jackson, com 16 pontos, e Isaiah Hicks, com 13, foram os outros maiores destaques ofensivos do time da Carolina do Norte.

Pelo lado do Gonzaga, que liderava a partida por dois pontos de diferença quando faltava apenas 1min40s para o fim, Nigel Williams-Goss foi o cestinha, com 15 pontos, enquanto Josh Perkins marcou outros 13.

Para o Gonzaga, a perda do título foi frustrante também pelo fato de que a equipe havia sofrido apenas uma derrota até então em sua campanha, que contou com outras 37 vitórias. O time também estreou em finais da NCAA e não conseguiu repetir o feito da universidades de Maryland, única até hoje a ter conquistado o título como debutante em uma decisão da competição, em 2002. Na mesma condição, Florida (2000),

Georgia Tech (2004), Illinois (2005) e Butler (2010) caíram na final como estreantes.

JORDAN FESTEJA - Campeão da NCAA por North Carolina em 1982, dois anos de iniciar sua trajetória gloriosa na NBA, Michael Jordan comemorou o título obtido nesta segunda-feira pela universidade. Por meio de uma curta postagem em sua página no Twitter, o lendário ex-jogador escreveu: "Continuando o legado".

Após deixar a NCAA, o astro faturou seis títulos da NBA pelo Chicago Bulls, além de dois ouros olímpicos pela seleção norte-americana, em Los Angeles-1984 e Barcelona-1992, e se tornou para muitos o maior jogador de basquete de todos os tempos.

Tudo o que sabemos sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.