Apesar da vitória, técnico do Magic critica 'falta de ofensividade' da equipe

A vitória com relativa facilidade do Orlando Magic na noite desse sábado por 90 a 73 sobre o Flamengo não chegou a entusiasmar o técnico Scott Skiles. O treinador do Magic afirmou que o time demonstrou não estar pronto para a temporada da NBA e que, apesar dos 17 pontos de diferença, faltou ofensividade a sua equipe.

MARCIO DOLZAN, Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2015 | 21h53

"Temos progredido a cada semana, mas a gente ainda não está onde eu gostaria que a gente estivesse. Por sorte não temos um jogo da NBA amanhã, porque a gente ainda não está pronto para isso", afirmou Skiles, logo após a partida.

Na avaliação do técnico, faltou força ofensiva ao Magic, mesmo que a equipe tenha conseguido abrir uma diferença de 15 pontos logo no primeiro quarto. "Deveríamos ter sido muito mais ofensivos, partido para o ataque com mais força. Só tivemos 13 assistências. Tínhamos que ter ido melhor", avaliou o treinador.

Sobre o Flamengo, Skiles elogiou o setor defensivo, mas afirmou que não se preocupou com a equipe carioca. "Sem nenhuma falta de respeito, mas nós estávamos preocupados com nosso próprio time, com o que tínhamos que fazer. Até atingirmos o nível que queremos e sendo jogadores profissionais, nós temos que nos preocupar com o nosso jogo", destacou o técnico.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAOrlando MagicScott Skiles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.