Após 14 meses, Splitter volta a jogar em time da Liga de Desenvolvimento da NBA

Brasileiro tem atuação discreta pelo Delaware 87ers

Estadão Conteúdo

22 de março de 2017 | 17h10

Após mais de um ano afastado das quadras por conta de uma grave lesão, o brasileiro Tiago Splitter voltou à ação nesta quarta-feira. Ele atuou por 14 minutos pelo Delaware 87ers, afiliado do Philadelphia 76ers na Liga de Desenvolvimento da NBA, a D-League, na vitória diante do Reno Bighorns por 120 a 109.

Splitter não atuava desde o fim de janeiro do ano passado, quando fortes dores no quadril o obrigaram a ser submetido a uma cirurgia. Nestes 14 meses, o jogador ficou de fora da Olimpíada do Rio, sofreu um problema muscular quando tentava voltar às quadras pelo Atlanta Hawks e foi trocado pela franquia para o 76ers no mês passado.

Finalmente recuperado, o brasileiro foi enviado pelo Sixers para sua filial na D-League justamente para que ele pudesse ser testado e retomasse o ritmo de jogo. Neste primeiro teste, o pivô foi apenas discreto. Titular, marcou cinco pontos, pegou três rebotes e deu duas assistências.

Aos 32 anos, Splitter tenta recuperar seu espaço na NBA, depois de ter sido importante no título do San Antonio Spurs em 2013/2014, o primeiro de um brasileiro na liga. Ele possui contrato com o 76ers até o fim desta temporada, quando ficará livre para assinar com qualquer franquia.

Tudo o que sabemos sobre:
NBAbasqueteTiago Splitter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.