Nick Wass / AP
Nick Wass / AP

Após deixar o Hornets, Steve Clifford é anunciado como técnico do Magic na NBA

Técnico garante estar recuperado de problemas de saúde que teve recentemente

Estadão Conteúdo

30 de maio de 2018 | 13h38

O Orlando Magic anunciou nesta quarta-feira a contratação de Steve Clifford. O treinador assume uma franquia que tem sofrido bastante nos últimos anos e que demitiu Frank Vogel ao fim da temporada regular de 2017/2018, após ficar mais uma vez distante da luta por uma vaga nos playoffs.

+ Com concussão, Kevin Love é dúvida no Cavaliers para Jogo 1 da final da NBA

+ Campinas bate Sampaio Basquete e leva final da LBF para o jogo 5

+ Presidente da CBB paga do bolso salário de croata, técnico da seleção

Clifford estava no Charlotte Hornets desde 2013. Ele chegou a ter bons momentos nos primeiros anos, em que levou a franquia aos playoffs em duas oportunidades. Tanto em 2016/2017 e 2017/2018, no entanto, somou apenas 36 vitórias e viu a equipe ficar longe dos playoffs, o que gerou sua demissão.

O técnico, agora, retorna para um lugar que conhecer bem. Ele trabalhou como assistente de Stan Van Gundy entre 2007 e 2012, no último momento de alta do Magic. Neste período, a franquia chegou aos playoffs em cada uma das cinco temporadas e disputou a final de 2008/2009, caindo para o Los Angeles Lakers.

"Nós estamos muito empolgados por dar as boas-vindas ao Steve nesta volta à família Magic", disse o presidente de operações de basquete da franquia, Jeff Weltman. "Steve é muito considerado na comunidade da NBA como um técnico de elite e um desenvolvedor de jogadores. Seus times sempre foram disciplinados e preparados e abraçaram seu conceito de jogo."

Clifford se reuniu com a diretoria do Magic nos últimos dias e garantiu estar completamente recuperado dos problemas de saúde que o afastaram do basquete recentemente. Ele se ausentou do Hornets entre dezembro e janeiro por intensas dores de cabeça causadas por fatiga e falta de horas de sono.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.